Voltar a Detalhes do Artigo Acórdão do Supremo Tribunal de Justiça de 25.06.2014. Comentário de António José Moreira Transferir Download PDF